Murphy


Na vida o respeito a necessidade de cautela em relação as experiências humanas deveriam ser em determinados momentos repensados.

Escuto muito: A vida é curta! Aproveite! Não pense tanto!
Digo muito: Cada um vive como deseja, e eu procuro seguir minha essência e intuição.

Penso: Se há uma parcela mínima de erros em experimento numa vida, é necessário rever a situação e tornar aquela possibilidade nula, pois encaro a vida de um ângulo diferente do habitual, e quem me conhece e me acompanha já sabe como eu sou.
Sei que se tudo pode falhar o que escrevo também falha, não é regra, mas, acredito que muitos já vivenciaram momentos da vida em que acaba com muita raiva, denominada Lei Murphy.

Lei de Murphy é um comentário ácido e pessimista sobre o Universo que diz: “Tudo o que puder dar errado dará”, e não tem nada a ver com errar é humano. Ou seja, não se trata de um conceito matemático ou conceito e sim de uma perversidade do Universo, sendo este um dos conceitos que existe faz tempo.

Talvez, alguns, não entendem o que quero expressar, mas em alguns casos, é até engraçado se for analisar a situação de outro ângulo, e a solução de um problema pode geralmente mudar apenas o tipo de problema.
Acrescento, não importa o quanto pesquisemos um produto antes de comprar. Depois de comprar podemos descobrir que o mesmo produto esta a venda em outro lugar por um preço menor. E o leite pra mim... Espero e não ferve, mas dou as costas ele derrama.

Mediante a isso, como tudo no Universo, nossas relações também são afetadas por essa lei.

Note:
Chega o momento tão sonhado; os dois encontram-se em frente ao altar e juram amor eterno, que visualizam como uma experiência cheia de felicidades e situações alegres, as quais nunca poderiam ser mudadas.  

A lei de Murphy propõe situações que ao certo ninguém tinha pensado como a matemática de um casamento, ou seja, soma de afetos + (- subtração de liberdade x multiplicação de responsabilidades e ÷ divisão de bens). Com um intercâmbio de humores de dia, maneira mais rápida de ganhar peso, principal causa de divórcio, única guerra na qual se pode dormir com o inimigo, e processo químico pelo qual metade de uma laranja bem doce se transforma em meio limão muito azedo. Assim, serve unicamente para resolver problemas que nunca teria se fosse solteiro, e percebe que ser solteiro(a) é ser um animal incompleto, enquanto ser casado(a) é ser um completo animal.


Enfim, não é somente o meu mundo, todos já conheceram situações parecidas no antes e depois, sendo assim, para finalizar:

Antes: Pergunto-me que faria sem ele(a)



Imagem Elisabete Rodrigues

Depois: Pergunto-me que faço com ele(a)


Imagem Elisabete Rodrigues


Viva a vida! 
Não é pessimismo! É entrelinhas?!...
É pensar no plano B se o A falhar ou em todas as letras do alfabeto.
Elisabete R💋drigues






Leia muito mais com UOL por 1 mês Grátis
Notícias do Brasil e do mundo de até 3 dispositivos
São Milhares de conteúdos para ler em qualquer lugar.
Experimente um mês gratis!
Experimente um mês gratis