Se a Vida der uma rasteira use salto alto

Elisabete Rodrigues sentada no chão (Foto: Vinicius Barros)

Aí, você tinha planos, expectativas por realizar...
Tudo corria aparentemente bem, até que de repente algo dá errado: um imprevisto, uma má notícia, uma reviravolta de qualquer tipo… enfim, você toma uma verdadeira rasteira da vida.
Não desanime!!!

Importante:
É com os tropeços que aprendemos a levantar.
É com as quedas que adquirimos experiência.
É com as lições da vida, muitas vezes duras de digerir, que passamos a prestar mais atenção no caminho, e a entender qual deve ser o andar e como recuperar o equilíbrio.
É evidente que cada um de nós lida de um jeito diferente mediante aos desafios da vida, ou seja, existem pessoas que quando tomam uma rasteira, ficam lá, verdadeiramente no chão (metáfora), em choque, não conseguem reagir, demorando muito tempo para conseguir esboçar qualquer reação, e por outro lado, há pessoas como eu conheço que rapidamente encontram uma saída, reage com força, sacode a poeira e dá a volta por cima.

Independente de tudo e da rasteira, que procuremos sempre ser positivos, pois tudo exigirá uma resposta adaptativa frente ao inesperado, portanto, dê o seu tempo necessário para assimilar o fato, e expressar suas emoções e, então, depois, busque dentro de si seus potenciais para transformar essa realidade de maneira criativa.
Conte com a ajuda de quem está ao seu lado, confie em você, em Deus, e seja otimista! Afinal, podemos fazer de todas as rasteiras motivos de derrota ou oportunidades de amadurecimento, fortalecimento e mudança na trajetória da vida rumo ao bem-estar, e a felicidade.
Levantem pessoal!

Elisabete R💋drigues


Pés Elisabete Rodrigues (Foto: Vinicius Barros)
Leia muito mais com UOL por 1 mês Grátis
Notícias do Brasil e do mundo de até 3 dispositivos
São Milhares de conteúdos para ler em qualquer lugar.
Experimente um mês gratis!
Experimente um mês gratis