Economia

P A G A M E N T O
Por que a cédula de R$ 200 foi criada?

Foto: Elisabete Rodrigues

A nova cédula de R$ 200 foi lançada com a circulação de 450 milhões de unidades da nota, conforme anunciado pelo Banco Central, em 29 de julho. Mas você sabe o motivo que
a nova cifra entrará em circulação mesmo em momento de crise econômica?

Foto: Elisabete Rodrigues

De acordo com o Banco Central, a nota de 200 reais foi lançada devido ao aumento da demanda por notas para circulação no mercado. Por causa da pandemia e, consequentemente, do agravamento da crise econômica, é comum algumas pessoas retirarem o dinheiro da conta e guardarem em casa. 

Em momentos de incerteza, há pessoas que tendem a fazer saques e acumular reservas.
Logo, o entesouramento diminui o volume de moeda circulando. Temos ainda pessoas que realizam transações bancárias digitalmente, e este predomínio impossibilita a circulação das notas de dindim.
Além disso, a criação da cédula de R$ 200 pode ser uma alternativa econômica para custos de emissão de notas.

Foto: Elisabete Rodrigues

Para quem recebe o auxílio emergencial , em vez de sacar 6 notas de R$ 100, o saque será de 3 notas de R$ 200.  

Foto: Elisabete Rodrigues

Ao invés de ser também 12 notas de R$ 50.

Foto: Elisabete Rodrigues

Pessoas que pegarem nota de R$ 200 vão fazer transações de baixo valor, o que vai exigir grande volume de notas menores para dar troco.
Com a nota de maior valor em circulação, as outras cédulas serão necessárias e reativam o mercado interno, principalmente em relação ao troco.

O que é entesouramento?

O entesouramento nada mais é que o ato de guardar dinheiro em espécie em casa.

Foto: Elisabete Rodrigues

Por fim, há ainda muitas incertezas no cenário internacional acerca do fim da pandemia. Mesmo com vacinas sendo testadas ao redor do mundo, não existem garantias que a Covid-19 seja erradicada, sobretudo, no Brasil por enquanto.
Por que o lobo-guará foi representado na cédula de R$200?

Foto: Elisabete Rodrigues

A escolha do animal foi realizada com base em uma pesquisa de 2001. 

 
Foto: Elisabete Rodrigues

Na ocasião, as espécies da fauna brasileira mais votadas foram a tartaruga-marinha, o mico leão-dourado e o lobo-guará.

Foto: Elisabete Rodrigues

Como as cédulas de R$ 2,00 e R$ 20,00 já são representadas pelas duas primeiras espécies da pesquisa, respectivamente, a opção para a nova nota foi o lobo-guará. 


Foto: Elisabete Rodrigues





Elisabete R💋drigues

Leia muito mais com UOL por 1 mês Grátis
Notícias do Brasil e do mundo de até 3 dispositivos
São Milhares de conteúdos para ler em qualquer lugar.
Experimente um mês gratis!
Experimente um mês gratis